Recursos Humanos

Desvendando nomenclaturas: o que é coparticipação?

21/5/2020

Por

Pipo Saúde

Jul 21, 2020

Por

Pipo Saúde

21/7/2020

Desvendando nomenclaturas: o que é coparticipação?
Tempo de leitura

Coparticipação é você rachar a conta da sua utilização com o seu plano de saúde.

Ou seja, coparticipação é o beneficiário pagar um valor à parte da mensalidade pela realização de um procedimento ou evento médico.

Qual a diferença entre um plano de saúde com coparticipação e um sem?
Ambos são válidos pela ANS. A diferença é que a prática de plano de saúde com coparticipação pode ser mais atrativa com relação ao valor da mensalidade, sendo mais barata do que o plano de saúde tradicional.

Isso acontece porque o plano de saúde sem coparticipação já calcula a média de sinistralidade e prevê quais serão os custos comparado à receita que receberá pela contratação dos planos.

Quais as vantagens de ter um plano de saúde com coparticipação?
A maior vantagem que enxergamos é usar o plano de saúde com consciência, ou seja fazer o bom uso quando realmente é necessário. Por consequência, você pode ter descontos significativos na mensalidade.Se você não tem uma doença pré existente e tem um perfil médico de check up uma vez ao ano ou com baixa frequência, o plano de saúde com coparticipação é o ideal para você. Assim, mensalmente, você paga um valor irrisório e, quando for utilizar o plano de saúde, irá coparticipar com os custos da utilização.

Como funciona a cobrança do plano com coparticipação?
Cada operadora define a taxa a ser paga pelo beneficiário, que pode variar de acordo com cada procedimento realizado, seja consultas, exames, tratamentos ou procedimentos cirúrgicos. Mas isso precisa estar 100% claro e acordado no contrato do plano de saúde antes da contratação.

Exemplo: o seu plano de saúde pode definir a coparticipação de 10% para exames e consultas médicas, e não cobrar nada para atendimentos em pronto socorro. Ou seja, se você marcou uma consulta no oftalmologista e, por tabela, a consulta custa R$ 100, você irá pagar somente R$ 10. Se o seu médico te pedir um exame que custa R$ 64,50, por exemplo, você pagará R$ 6,45 por ele.

A cobrança pode vir direto na sua mensalidade do plano, se for uma contratação de plano de saúde individual, ou pode vir descontado na sua folha de pagamento se for uma contratação de plano de saúde empresarial.

Mas é sempre bom ficar atento aos custos que isso irá gerar para não ter uma surpresa no fim do mês, hein?

Como eu sei que vale a pena financeiramente?
Você precisa fazer contas para entender se o plano de saúde com coparticipação vale a pena financeiramente para você.

Primeiro, pegue o valor das duas opções de plano de saúde:
• Vamos supor que o plano tradicional, sem coparticipação, custe R$ 300 por mês; já o plano de saúde com coparticipação custa R$ 180 por mês.
Você economiza R$ 120 mensalmente e R$ 1.440 por ano, certo? Sim.

• Agora, vamos entender qual é a taxa comum de consultas e exames para o plano de saúde com coparticipação: se a cada consulta você gastar R$ 40, significa que para valer a pena financeiramente você terá que fazer menos de 36 consultas por ano.
É o seu caso? Combina com o seu perfil? Então vale a pena!

Quem determina se o meu plano será com coparticipação ou pago inteiro pela empresa?
Como é um plano empresarial, a empresa que você trabalhar determina esse tipo de negociação junto com o corretor de seguros e a operadora de saúde.

Ficou ainda com alguma dúvida? Escreve pra gente!

Tem horas que nem o buscador consegue te ajudar, mas com a Pipo Saúde é diferente o/.

Confie a sua saúde no nosso time e veja que a é muito mais do que uma corretora de planos de saúde. Clique aqui e preencha o nosso formulário para receber uma cotação de benefícios para a sua empresa. 🙂

Atendente

Pronto para simplificar a gestão de saúde da sua empresa?

Comece agora uma nova relação com o plano de saúde da sua empresa.

Quero uma cotação

Posts recomendados