Diversidade nas organizações: por que levantar essa pauta na sua empresa?

1/2/2021

Por

Carolina Lais

Diversidade nas organizações: por que levantar essa pauta na sua empresa?

Nos últimos anos, o debate sobre diversidade ganhou força em todos os setores da sociedade — inclusive no universo corporativo. Cada vez mais empresas estão preocupadas em construir ambientes de trabalho inclusivos, com equipes formadas por pessoas de diferentes culturas, etnias, gêneros. 

Isso está acontecendo porque promover a diversidade nas organizações, além de envolver questões humanitárias e éticas, traz vários benefícios para o negócio, como a redução de conflitos entre os times, aumento da criatividade e resultados melhores.  

A sua empresa ainda não compreende a importância dessa pauta? Continue lendo para entender melhor a relevância da diversidade nas organizações e como é possível implantá-la.  

Estatísticas sobre diversidade nas empresas

É como dizem: os números não mentem jamais. Por isso, é muito importante analisar os dados das pesquisas realizadas para entender como anda a questão da diversidade nas empresas e o que pode ser feito para melhorar essa situação. 

De acordo com um estudo da Kantar, empresa internacional especializada em pesquisa, dados e insights, o Brasil ocupa o 7º lugar no índice de inclusão e diversidade no trabalho. 

A pesquisa realizada em 2019 entrevistou mais de 18 mil pessoas de 14 países e trouxe outros dados interessantes sobre o mercado de trabalho brasileiro:

  • 22% dos funcionários sentem que as oportunidades não são direcionadas para as pessoas mais competentes;
  • 28% dos funcionários acreditam que suas empresas precisam ser mais inclusivas e diversas do que são atualmente;
  • 34% afirmam enfrentar dificuldades em suas carreiras devido a questões de gênero, idade, etnia, orientação sexual, entre outras características

Quem são as pessoas que trabalham com você? O Opinion Box e a Revista HSM Management entrevistaram mais de 2 mil pessoas para analisar dados sobre o ambiente de trabalho brasileiro. 

Conheça os principais insights da pesquisa, que foi realizada em setembro de 2019:

  • entrevistados apontam que apenas 5% dos colegas de trabalho são negros;
  • 44% das empresas não possuem nenhum transexual entre os funcionários;
  • 29% das empresas não possuem nenhuma pessoa com deficiência no quadro de funcionários;
  • 37% dos profissionais afirmam que já houve algum tipo de descriminação na empresa em que trabalha

Os números provam que a falta de diversidade ainda é uma realidade no universo corporativo e isso não é bom para ninguém. 

Segundo dados da McKinsey, empresa de consultoria empresarial americana, organizações que investem em diversidade lucram até 33% mais

A importância da diversidade nas organizações

A empresa, tudo o que ela representa e produz passa pelas pessoas que trabalham nela, concorda? Ter um quadro de funcionários sem diversidade não é ruim apenas para a sociedade, também impacta diretamente na imagem e nos resultados da organização

Ter diferentes pontos de vista nas tomadas de decisão da empresa garante soluções mais inovadoras e permite que várias camadas da sociedade se sintam representadas. Essa representatividade, que também é um tema muito pautado ultimamente, não se trata apenas de contratar atores diversos para fazer propaganda. 

O público está muito atento e é crescente o número de pessoas que dá preferência para negócios que realmente apostam na inclusão.

Outro ponto fundamental é que a falta de inclusão pode ser um problema na contratação de novos talentos. Afinal, os próprios profissionais já compreendem a importância de atuar em ambientes diversos e buscam por empresas que promovam isso. 

Também vale lembrar que existem leis que visam “garantir” a diversidade, como a lei de cotas para pessoas com deficiência, que determina que empresas com mais de 100 funcionários devem preencher de 2% a 5% do seu quadro de colaboradores seu time com PCDs. 

Principais desafios para implantar diversidade nas organizações

Apenas realizar a contração de pessoas diversas não resolve o problema. É preciso garantir que elas sejam respeitadas e tenham igualdade de oportunidades na empresa. 

O processo é cercado de desafios e nós vamos falar sobre os principais deles a seguir. 

Combater o preconceito dentro da empresa

Infelizmente, a nossa sociedade foi fundada em cima de diversos tipos de preconceitos e é comum que isso se reflita dentro das organizações. Ainda que de forma inconsciente e sútil, devemos lembrar que ações preconceituosas são crimes, causar traumas e não podem passar batido. 

Para evitar constrangimentos, a melhor solução é evitar que essas situações aconteçam. 

Portanto, pode ser interessante investir constantemente em rodas de conversa, treinamentos com líderes, palestras, livros e outros materiais para desconstruir pensamentos antiquados. 

Alinhar a cultura da empresa

A promoção da igualdade deve ser alinhada à cultura organizacional. Isso significa que, para fazer realmente sentido a longo prazo, todas as ações, objetivos, símbolos e estratégias da empresa precisam seguir a lógica da inclusão

De nada adianta ter uma equipe diversa, mas desenvolver campanhas de marketing recheadas de racismo ou machismo, por exemplo. É essencial ter coerência! 

Dar assistência e apoio à diversidade

A organização precisa agir para respeitar e valorizar a diversidade do seu time. Ao contratar um cadeirante, a empresa deve garantir que todos os espaços estejam adaptados para que ele transite em segurança. 

É essencial compreender o que precisa ser feito para que todos os colaboradores se sintam acolhidos e possam dar o seu melhor no trabalho. A diversidade do quadro de colaboradores pode exigir mudanças nos benefícios oferecidos pela empresa, inclusive. 

O perfil das pessoas que trabalham na organização interfere diretamente no plano de saúde que precisa ser contratado, por exemplo. 

Adequar a comunicação interna e externa

Se a empresa está mudando a sua cultura organizacional para ser mais inclusiva, o diálogo, tanto com o público interno quanto com o público externo, deve ser pautado pela diversidade. 

Um excelente primeiro passo para isso é eliminar expressões preconceituosas do vocabulário da empresa e estimular que os colaboradores façam o mesmo dentro e fora do trabalho. 

Também é preciso ter cuidado com a comunicação na hora de publicar nas redes sociais, conversar com fornecedores, anunciar as vagas e durante os processos de seleção

Conclusão

O mundo está mudando e isso traz vários benefícios, não apenas para as empresas, mas para a sociedade como um todo. Entretanto, como os números mostram, ainda temos um longo caminho pela frente. 

Por isso, cada organização precisa fazer a sua parte, educar os seus colaboradores e dar cada vez mais espaço para as diversidades. 


Aqui, na Pipo Saúde, a diversidade é uma pauta primordial e estamos sempre em busca de novas formas de promovê-la. Afinal, é um dos pontos mais importantes da nossa cultura e nós temos vários tipos de clientes e acreditamos que é essencial ter vários pontos de vista trabalhando para atendê-los da melhor forma possível.


Curta as nossas redes sociais para saber mais sobre essas iniciativas: estamos no Facebook, Instagram e Twitter.

Logotipo Pipo Saúde
Pipo Saúde

Conectamos a sua empresa com os melhores benefícios de saúde: Planos de saúde, odontológico e muito mais para o bem estar dos colaboradores da companhia.

Inscreva-se na Newsletter da Pipo!

Imagem de um brilho.

Pronto para simplificar a  gestão de saúde da sua empresa?

Comece agora uma nova relação com o plano de saúde da sua empresa.

Quero uma cotaçãoImagem de uma estrelinha.

Posts recomendados