Plano de Desenvolvimento Individual: primeiros passos para criar o PDI na sua empresa

9/7/2021

Por

Aline Oliveira

Plano de Desenvolvimento Individual: primeiros passos para criar o PDI na sua empresa

Os profissionais mais preparados estão cada dia mais atentos à sua evolução e desenvolvimento no mercado de trabalho, mas você já parou para pensar se a sua empresa também está preparada para ajudar nesse processo?

Se não, te apresentamos uma ferramenta importante para isso: o Plano de Desenvolvimento Individual, o PDI.

Entender como esse método funciona e saber como aplicá-lo na empresa vai ajudar não só no aprimoramento do seu time, como também vai aumentar a performance da organização por meio do melhor potencial de cada colaborador. Quer aprender os conceitos e partir para a prática? Você está no lugar certo!

Neste conteúdo você encontra:

O que é PDI?

O Plano de Desenvolvimento Individual é um planejamento feito para o desenvolvimento do colaborador no curto, médio ou longo prazo. A premissa desse planejamento é que o trabalhador alcance metas e objetivos profissionais e, com isso, auxilie no sucesso da empresa.

O plano consiste em aprimorar as capacidades técnicas e comportamentais do colaborador para que ele alcance a melhor performance na empresa, mas também com foco no seu desenvolvimento para o mercado de trabalho como um profissional em constante evolução.

Além disso, a ferramenta costuma ser utilizada por profissionais de maneira independente quando eles visam traçar seu caminho em uma empresa. Porém, é essencial que os gestores de RH conheçam e também apliquem o PDI internamente, com ações focadas no crescimento dos seus funcionários.

Para que serve um plano de desenvolvimento individual?

O PDI serve, principalmente, para que o colaborador se desenvolva sem perder o foco, planeje seus passos dentro de uma empresa e tenha compromisso com a sua evolução, sem se deixar levar pelos caminhos que surgirem e que não são do seu interesse.

Isso acontece muito quando o profissional não tem uma meta definida e se depara com oportunidades, muitas vezes, para “quebrar um galho” na empresa. Assim, sem um plano definido, ele pode se acomodar ou permanecer insatisfeito exercendo um papel que não lhe agrada.

Quais são os benefícios do PDI para a empresa?

Não há dúvidas de que um plano de desenvolvimento focado em melhorias para o colaborador refletirá, naturalmente, em vantagens para a organização, certo? Veja algumas:

Mais motivação e produtividade

Ao perceber que é valioso para empresa, o trabalhador se sente pertencente à organização e a sua motivação aumenta. Estar motivado traz diversas vantagens como mais engajamento e melhoria no desempenho, mas podemos ir além. 

Quando um profissional trabalha mais satisfeito, ele também reduz as chances de adoecimento, seja por doenças físicas ou emocionais. Isso gera resultados positivos para a empresa, pois time feliz e saudável consegue produzir muito mais e de forma melhor.

Menos demissões por insatisfação

Não ter oportunidades de crescimento e desenvolvimento é um dos motivos que leva um colaborador a pedir demissão de uma empresa. E quanto mais alto for o número de pessoas saindo por esse motivo, mais a empresa fica negativa em rotatividade, o que é ruim para a sua imagem no mercado de trabalho.

Nesse sentido, o PDI se torna uma excelente ferramenta para evitar ou mudar esse cenário, pois, com ele, os funcionários enxergam oportunidades para se desenvolver e crescer na carreira.

Quais são as etapas do plano de desenvolvimento para colaboradores?

As etapas do PDI podem variar de acordo com o porte da organização e com a complexidade do plano. Porém, essas são as principais e de simples compreensão.

Alinhamento de expectativas

Não adianta iniciar um plano de desenvolvimento para determinado colaborador se o mesmo não sente vontade de crescer na empresa, concorda? Ou ainda, elaborar um plano visando um caminho, enquanto o colaborador quer outro. Por isso, alinhar as expectativas é fundamental para entender os objetivos de ambas as partes.

Mapeamento de hard skills e soft skills

As hard skills são as capacitações técnicas do trabalhador, ou seja, aquilo que pode ser visto no seu currículo ou diploma. Já as soft skills são as habilidades comportamentais do profissional e são percebidas no dia a dia, como criatividade, boa comunicação e senso de liderança.

Para o planejamento do PDI, é preciso mapear ambas as áreas de competências do colaborador e identificar quais são seus pontos fortes, os que precisam ser melhorados e como aproveitar da melhor maneira os potenciais que ele já possui.

Definição das estratégias em conjunto

O plano de desenvolvimento será focado em curto, médio ou longo prazo? O que se pretende alcançar, a partir das informações obtidas com os passos anteriores? Quais são os caminhos possíveis e como chegar até eles? De que forma o colaborador precisa ser treinado? Tudo isso deve ser avaliado nesta etapa.

Acompanhamento do profissional

Por último, mas uma etapa fundamental: o acompanhamento dos resultados e da evolução do profissional. Nesse sentido, vale oferecer feedbacks sobre o seu avanço, apoio emocional, suporte para tirar dúvidas, entre outras ações.

Dados para RHs: como tomar decisões e otimizar gastos

Quando implementar o PDI na empresa?

Não existe uma regra para quando implementar o PDI.

O foco principal é perceber se o profissional se encaixa nos objetivos da organização e, principalmente, se essa pessoa está aberta, disposta e preparada para iniciar a jornada de desenvolvimento.

Primeiros passos para criar um plano de desenvolvimento na sua empresa

Se o Plano de Desenvolvimento Individual é uma estratégia interessante para você enquanto profissional de RH, é importante entender os seguintes passos antes de investir na ferramenta:

Analise a realidade da empresa e do colaborador

Esse é o primeiro passo para investir no PDI, pois, nesse momento, devem ser avaliados tanto o profissional que irá passar pelo plano de desenvolvimento, quanto o cenário organizacional.

Tenha em mente que ainda que você perceba que os colaboradores querem se desenvolver, é fundamental entender, em primeiro lugar, quais são as metas da empresa de forma profunda, pois só assim é possível perceber se os objetivos dela serão tangíveis àquele colaborador.

Em relação ao funcionário, devem ser analisados fatores como o nível de performance que ele entrega atualmente, o que esperar do cargo que ele ocupa e quais pretende ocupar, e quais as competências comportamentais que ele apresenta no momento.

Aplique a avaliação de desempenho

Antes de iniciar, é fundamental contar com a avaliação de desempenho do colaborador, pois ela fornecerá insights importantes para que a elaboração do plano seja focada em seus pontos de melhoria e com menos atenção naquilo que ele já tem de bom.

Calcule os custos 

Para desenvolver um colaborador, muitas vezes, é necessário investir em treinamentos específicos e que nem sempre a empresa oferece internamente. Alguns exemplos são o desenvolvimento de liderança e cursos de formação. Aqui, vale ressaltar que os investimentos do início serão revertidos em melhorias para a empresa. 

Defina metas e prazos

Dificilmente um plano será realizado com sucesso sem ter objetivos e prazos bem definidos. É preciso ter em mente durante qual período o PDI será desenvolvido, se em curto, médio e longo prazo, assim como o que se pretende desenvolver em cada profissional.

Percebeu como o Plano de Desenvolvimento Individual pode oferecer benefícios para a sua empresa?

Voltando à questão do início deste artigo: a organização está preparada para implementar o PDI? Com as nossas dicas, agora você já sabe por onde começar, certo?

Se você está preparando o primeiro PDI da sua empresa, não deixe de ler o nosso e-book de “Tecnologias e serviços indispensáveis para RHs em 2021” e encontre a ferramenta ideal para a sua empresa. Baixe agora mesmo:

Tecnologias e serviços indispensáveis para RHs em 2021


Logotipo Pipo Saúde
Pipo Saúde

Conectamos a sua empresa com os melhores benefícios de saúde: Planos de saúde, odontológico e muito mais para o bem estar dos colaboradores da companhia.

Inscreva-se na Newsletter da Pipo!

Imagem de um brilho.

Pronto para simplificar a  gestão de saúde da sua empresa?

Comece agora uma nova relação com o plano de saúde da sua empresa.

Quero uma cotaçãoImagem de uma estrelinha.

Posts recomendados