Avaliação de desempenho de funcionários: o que é e como fazer

5/5/2021

Por

Carolina Lais

Avaliação de desempenho de funcionários: o que é e como fazer

Cuidar do capital humano de uma empresa é uma tarefa complexa e é importante contar com métodos para garantir que irá fazer um bom gerenciamento dos times. 

Neste artigo, vamos falar sobre uma das principais ferramentas disponíveis para isso: a avaliação de desempenho.

Ela é utilizada para analisar a performance individual e coletiva dos colaboradores e relacionar os comportamentos com a cultura organizacional, entre outros dados essenciais para criar medidas para eliminar problemas e melhorar a produtividade.

Neste artigo vamos falar sobre:

Continue a leitura para entender como fazer a avaliação de desempenho e tudo o que ela pode proporcionar para a sua empresa.

O que é avaliação de desempenho?

A avaliação de desempenho é uma ferramenta utilizada pelo RH para analisar a performance de colaboradores e times. Essa avaliação deve acontecer de forma periódica para ajudar a empresa a entender o que está bom e o que pode ser melhorado. 

Por meio dela é possível analisar as competências técnicas e comportamentais de um colaborador ou de um time, bem como relacionar esses dados com os valores e objetivos do negócio. 

Dessa forma, como você pode imaginar, a avaliação de desempenho é uma forte aliada para empresas que querem ter uma visão estratégica do negócio e otimizar seus processos.

Quais objetivos da avaliação de desempenho?

A avaliação de desempenho é um método prático que pode trazer diversos benefícios aos negócios. Por isso, entender quais são os principais objetivos da ferramenta é muito importante.

São eles:

Identificar o desempenho dos colaboradores e as possibilidades de desenvolvimento

Como está o desempenho atual do funcionário e como ele deveria estar? Após a análise da avaliação de desempenho será possível responder essa pergunta mais facilmente e assim conseguir pensar no que pode ser feito para melhorar a produtividade do profissional.

Afinal, a baixa produtividade nem sempre é motivo para demissão imediata. Muitas vezes oferecer treinamentos, cursos de reciclagem ou mesmo mudar a função do colaborador, podem resolver o problema.

Da mesma forma, a avaliação de desempenho pode indicar profissionais que estão com um alto nível de produtividade e merecem ser promovidos, por exemplo.

Conhecer os pontos fracos e desenvolver melhorias

A avaliação permite que os gerentes tenham em mãos dados preciosos sobre os pontos fortes e fracos de cada colaborador. Se usada de forma estratégica, esse tipo de informação pode promover uma real mudança de hábitos.  

Além disso, nem sempre a questão é individual. Se vários profissionais de um setor estão com dificuldades de cumprir suas metas, a razão talvez esteja relacionada a problemas no ambiente de trabalho ou com a liderança do time. 

A avaliação de desempenho vai permitir que essa investigação seja feita de forma eficiente para que as soluções possam ser desenvolvidas.

Estimular feedbacks e melhorar a comunicação interna

Conhecer os colaboradores é indispensável para dar feedbacks melhores e isso é muito importante para que os profissionais saibam se estão no caminho certo e o que podem fazer para melhorar. Além, é claro, de aumentar a motivação.

Os colaboradores precisam saber o que a empresa quer deles e qual está sendo o retorno do trabalho que eles executam no negócio. Essa transparência é fundamental para melhorar a comunicação interna e criar um ambiente de trabalho colaborativo.

Estabelecer metas e criar processos inovadores

As metas empresariais precisam ser criadas com muita responsabilidade e inteligência. Analisar o desempenho coletivo e individual dos colaboradores é útil para estabelecer metas objetivas, mensuráveis e com o nível de exigência adequado para cada profissional.

Além disso, por meio da melhora do clima organizacional e da produtividade, a ferramenta estimula a inovação dos processos da empresa — algo essencial para o sucesso de qualquer negócio hoje em dia.

Tipos de avaliação de desempenho

Depois de entender o que é e quais são os objetivos da avaliação de desempenho, você provavelmente está curioso para saber como colocar em prática essa ferramenta. 

Mas antes disso é necessário entender que existem vários tipos de avaliação de desempenho. Vamos conhecê-los?

Auto avaliação de desempenho

Como o nome indica, nesse tipo de avaliação de desempenho o colaborador é convidado a refletir sobre a sua atuação e os resultados que ele tem obtido na empresa. Geralmente, isso é feito em duas etapas. Na primeira, o colaborador responde um questionário para identificar os seus pontos fortes e fracos.

Depois, essas informações são aproveitadas em uma conversa com o seu líder direto. A ideia é que eles conversem sobre a análise realizada e encontrem formas de melhorar a performance profissional. 

Avaliação de desempenho da equipe

Além da avaliação individual, também é importante analisar o desempenho coletivo. A ideia é analisar como está o alinhamento do grupo e quais medidas podem ser tomadas para aperfeiçoar o trabalho em equipe.

O processo é bem parecido com o da autoavaliação: os colaboradores do setor respondem um questionário (que pode focar em perguntas sobre relacionamento e comunicação) e depois os resultados são analisados conjuntamente com o líder do time. 

Escala gráfica

A escola gráfica é uma forma bem simples de realizar a avaliação de desempenho. Nesse tipo de análise, uma tabela é criada para que os colaboradores respondam questões referentes ao ambiente de trabalho. 

Em geral, a tabela é composta por uma coluna com a lista de habilidades que vão ser avaliadas e outras colunas para que o funcionário dê uma nota ou valor para ela. 

A vantagem desse tipo de abordagem é a facilidade em responder. No entanto, como as respostas são extremamente objetivas, a análise não é muito aprofundada.

Avaliação 360 graus

A Avaliação 360 graus é extremamente completa — permite que todos os colaboradores e líderes sejam avaliados e também avaliem os outros profissionais. 

Em algumas empresas, até mesmo fornecedores e clientes são convidados a participar da avaliação. Nesses casos, é claro, os questionários são adaptados para cada realidade. 

O objetivo é ter uma visão completa do negócio e comparar as perspectivas dos envolvidos. A análise é extremamente complexa, mas possibilita insights e mudanças muito significativas.

Avaliação de desempenho por competências

Essa é a ferramenta mais usada para analisar as competências técnicas e comportamentais de um colaborador. Para isso, são considerados 3 fatores primordiais, o CHA:

  • C de conhecimento: aptidões cognitivas;
  • H de habilidade: saber colocar em prática o conhecimento;
  • A de atitude: querer desempenhar as funções.

Após a aplicação do questionário baseado nesses três pontos, será possível compreender quais são as atuais competências do profissional e definir o que precisa ser aprimorado.

Avaliação de desempenho do líder

Os líderes são parte essencial para o sucesso da empresa e também precisam ser avaliados. Para que isso aconteça, os colaboradores são convidados a responderem um questionário sobre como a liderança está sendo executada no setor. 

Os superiores também podem participar e deixar a análise ainda mais completa. Após a verificação das respostas, é importante que o líder reflita e busque melhorar o que for preciso.

Avaliação por objetivos e resultados

Esse método utiliza as metas e resultados de cada colaborador para realizar a avaliação de um período. Trata-se de uma análise totalmente baseada em números e vários dados podem ser aproveitadas, entre eles:

Essa avaliação também pode ser feita coletivamente para que as lideranças possam saber quais colaboradores são mais ou menos produtivos.

Avaliação por escolha forçada 

A avaliação por escolha forçada consiste em fazer o avaliador decidir qual é a resposta mais adequada em determinadas situações. O objetivo é ajudar a definir o perfil comportamental do colaborador. 

Para isso, depois de cada afirmação, o avaliador precisa apontar com o sinal de “+” ou “-” se o que está escrito é próximo ou não do perfil do profissional que está sendo avaliado. Veja algumas afirmações estratégicas que podem aparecer nesse tipo de avaliação:

  • costuma se dar bem com os colegas de trabalho;
  • é um profissional criativo;
  • sabe trabalhar sob pressão;
  • cumpre bem os horários e metas estabelecidas.

Erros comuns no processo de avaliação de desempenho

Não adianta fazer a avaliação de qualquer jeito e esperar que os benefícios sejam alcançados, não é verdade? Para evitar que isso aconteça, separamos alguns erros comuns para você ficar atento na hora de colocar em prática esse método na sua empresa.

Falta de planejamento

Assim como todas as ações dentro do negócio, a avaliação de desempenho também precisa ser muito bem planejada para ser um sucesso. Por isso, antes mesmo de escolher qual tipo de avaliação será feita, é necessário definir quais são os objetivos de aplicar o método naquele momento.

Só disso será possível escolher o modelo de avaliação ideal, preparar o questionário e todos os outros passos seguintes.  

Despreparo dos avaliadores

A execução precisa ser feita de forma extremamente cuidadosa, por profissionais especializados na área e que dominem a ferramenta. Caso contrário, o despreparo dos avaliadores pode colocar tudo a perder e fazer com os colaboradores fiquem desmotivados a participarem de futuras ações do RH. 

Problemas de comunicação

É importante evitar ruídos de comunicação antes, durante e após a aplicação dos questionários. Todos os envolvidos precisam entender muito bem o que está sendo feito, o motivo da avaliação e como ela será desenvolvida.

Além disso, após a execução, é fundamental dar um retorno aos profissionais sobre os resultados obtidos. Afinal de contas, o momento do feedback é indispensável para que as mudanças aconteçam. 

Desinteresse das lideranças

Para ter o engajamento dos funcionários, primeiro, é essencial que a diretoria e todas as lideranças entendam a importância da avaliação de desempenho. Fazer esse tipo de ação por obrigação, apenas por fazer, é uma grande perda de tempo para todos os envolvidos. E, como sabemos, tempo é dinheiro no mundo corporativo.

Quais indicadores são importantes para avaliação de desempenho?

Os indicadores também são extremamente relevantes quando o assunto é a avaliação de desempenho empresarial. Existem vários tipos de mensuração e a escolha de qual será aproveitada depende do objetivo da avaliação, ou seja, o que se deseja descobrir.

Esses dados podem ser analisados de forma comparativa e estratégica com os questionários para dar uma visão ainda mais aprofundada sobre um determinado assunto. Então, sem mais delongas, vamos conhecer alguns dos principais indicadores usados durante a avaliação de desempenho: 

Assiduidade

Como anda a taxa de absenteísmo da sua empresa? É muito importante acompanhar os dados sobre as faltas e atrasos dos colaboradores. 

Esse tipo de informação diz muito sobre o comprometimento e a motivação dos funcionários, mas também pode apontar outras situações — como  a necessidade de cuidar melhor da saúde dos colaboradores e trocar horários para facilitar a rotina deles.  

Satisfação dos clientes

Um time bem entrosado atende os clientes melhor e isso faz com que eles tenham uma experiência de compra encantadora. Da mesma forma, se a equipe não está engajada, isso também vai refletir na qualidade do atendimento.

Por isso, sempre que estiver analisando o feedback dos clientes, é interessante aproveitar a oportunidade para analisar como anda o desempenho dos funcionários nesse quesito.

Produtividade

Como não poderia ser diferente, outro ótimo jeito de avaliar o desempenho de um time é conhecendo o seu nível de produtividade. Isso pode ser observado a partir do cumprimento de metas, mas também existem outros cálculos possíveis. 

O mais importante nesse caso é fazer a mensuração periodicamente e ter uma visão estratégica dos resultados. Dessa forma, será possível compreender quais fatores (internos e externos) prejudicam ou beneficiam a produtividade dos colaboradores.

Erros e acidentes

É como diz a música: “todo mundo erra sempre, todo mundo vai errar”. É normal cometer erros, mas é essencial ter o máximo de cuidado para que eles não aconteçam no ambiente de trabalho. Além de prejuízos, dependendo do caso, um erro pode provocar um acidente de trabalho — o que ninguém quer.

Por isso, o RH também precisa fazer um levantamento desses erros e trabalhar com outros setores responsáveis para evitar que eles aconteçam. 

A avaliação de desempenho é um processo necessário e contínuo para empresas que se preocupam com os seus resultados. Afinal, como melhorar sem conhecer bem o que está acontecendo agora dentro do negócio? 


Outro fator essencial para quem deseja crescer de forma sustentável é cuidar bem da saúde dos seus colaboradores. Você já pensou no impacto de oferecer ou melhorar o benefício que disponibiliza na sua empresa? 

A Pipo é especialista neste assunto e pode ajudar você a escolher e administrar o seu plano de saúde corporativo. Clique aqui e conheça melhor  as nossas soluções! 

Logotipo Pipo Saúde
Pipo Saúde

Conectamos a sua empresa com os melhores benefícios de saúde: Planos de saúde, odontológico e muito mais para o bem estar dos colaboradores da companhia.

Inscreva-se na Newsletter da Pipo!

Imagem de um brilho.

Pronto para simplificar a  gestão de saúde da sua empresa?

Comece agora uma nova relação com o plano de saúde da sua empresa.

Quero uma cotaçãoImagem de uma estrelinha.

Posts recomendados