Clima organizacional: o que é e dicas para mantê-lo saudável

16/8/2021

Por

Larissa Reis

Clima organizacional: o que é e dicas para mantê-lo saudável

Os colaboradores da sua empresa a consideram um bom lugar para trabalhar? Manter um bom ambiente de trabalho é indispensável para que os trabalhadores sejam mais produtivos e criativos.

Por isso, medir o clima organizacional é importante para entender a percepção dos funcionários e tomar medidas para melhorar o que for necessário.

Continue a leitura para entender melhor o que é clima organizacional, a sua relevância e o que é possível fazer para mantê-lo saudável. 

Neste artigo lerá sobre:

  1. O que é clima organizacional e como ele impacta a sua empresa?
  2. Diferença entre cultura e clima organizacional
  3. Pesquisa de clima: por que medir?
  4. Por que é importante ter um clima organizacional saudável
  5. Indicadores de clima organizacional saudável
  6. Como melhorar o clima organizacional da sua empresa
  7. O papel da liderança no clima da sua empresa
  8. O impacto do clima organizacional na saúde dos colaboradores

O que é clima organizacional e como ele impacta a sua empresa?

O clima organizacional é um termômetro da satisfação ― ou da insatisfação ― dos colaboradores com a empresa. Ele reflete o estado da relação entre a organização, seus funcionários e a cultura organizacional.

Em outras palavras, é a forma como os colaboradores enxergam o funcionamento da empresa, seus processos, instrumentos, rotinas, valores.

Para investigar algo tão subjetivo, é preciso considerar vários aspectos, entre eles a comunicação, a taxa de absenteísmo, a retenção de talentos e a identificação dos colaboradores com os valores da empresa.

Ter um bom clima organizacional é fundamental para que a empresa consiga atingir as suas metas de crescimento de forma saudável. Um ambiente positivo influencia diretamente a produtividade, criatividade, motivação e a harmonia dos times.

Diferença entre cultura e clima organizacional

No universo do RH e da gestão, é natural que alguns termos se confundam. Por isso, antes de seguir em frente e aprofundar nas questões sobre o clima organizacional, vamos esclarecer algo importante.

A cultura organizacional diz respeito aos valores e regras da empresa, enquanto o clima diz respeito ao ambiente de trabalho propriamente.

Apesar da diferença, convém ressaltar que os conceitos podem ser relacionados. Uma cultura pouco inclusiva, por exemplo, pode contribuir para um clima organizacional ruim.

Da mesma forma, uma cultura pautada por valores positivos pode favorecer um bom clima na empresa.

Pesquisa de clima: por que medir?

A pesquisa de clima, como o nome indica, é uma ferramenta capaz de medir a qualidade do ambiente de trabalho. Fazer essa avaliação é uma etapa indispensável para empresas que se preocupam com o clima organizacional. 

A partir da pesquisa é possível descobrir qual é o nível de satisfação dos colaboradores e identificar o que pode ser melhorado. Os dados coletados serão a base para entender a situação atual e fazer o planejamento de curto, médio e longo prazo para que o clima organizacional melhore. 

Para isso, a pesquisa precisa ser feita com muito cuidado para que os colaboradores não se sintam coagidos ou qualquer outra coisa influencie o resultado. Afinal, a ideia aqui é ter o máximo de precisão possível. 

Felizmente, existem vários softwares, alguns até gratuitos, que podem facilitar a vida do RH na construção dos questionários e na análise dos resultados. 

Por que é importante ter um clima organizacional saudável

Ao longo dos últimos anos, o RH tem assumido um papel cada vez mais estratégico, elevando o nível da gestão de pessoas e seu impacto no sucesso dos negócios.

Ainda assim, é natural que nem todas as empresas entendam por que certos instrumentos, como o clima organizacional, podem ser tão decisivos.

Para entender isso, basta considerar que um ambiente no qual os profissionais se sentem confortáveis favorece sua produtividade e desempenho, sendo positivo também para a empresa.

O clima saudável também é importante para o engajamento de indivíduos e equipes, assim como para a relação entre os funcionários.

Agora, o que faz um clima organizacional saudável? A gente te conta a seguir!

Indicadores de um clima organizacional saudável

Além da pesquisa de clima, existem outros aspectos que precisam ser analisados para saber como anda a saúde do ambiente da empresa. A seguir, vamos falar sobre os principais deles.

Baixa rotatividade

É fácil entender o motivo da taxa de rotatividade ser baixa quando o clima organizacional é bom, não é mesmo?

Quando os colaboradores se sentem bem trabalhando na empresa, as chances deles quererem sair para procurar outro emprego diminuem consideravelmente.

Isso é ótimo para todo mundo. O funcionário consegue ter mais estabilidade em um emprego que ele gosta e a empresa reduz o custo com novas contratações, além de conseguir reter o talento de um profissional motivado.

Alta produtividade

Para que um profissional consiga ter uma boa produtividade, ele precisa gostar do ambiente de trabalho.

Não importa se ele tem todas as habilidades e experiências necessárias para o cargo, se ele se identifica com a empresa, não gosta de trabalhar com os colegas, o seu desempenho vai ser prejudicado.

Portanto, se a produtividade está em alta, é bem provável que o clima organizacional esteja alto também.

Redução na taxa de absenteísmo 

Medir a taxa de absenteísmo, ou seja, as faltas e atrasos dos colaboradores, também é fundamental para entender como anda o clima organizacional.

Apesar de não ser a única causa, quando o funcionário está insatisfeito e o ambiente não está bom, as chances dele faltar ao trabalho ou ter atrasos constantes são maiores.

Isso sem falar que o clima organizacional alto faz com que a saúde mental e física dos funcionários melhore. Dessa forma, as faltas por conta de problemas dessa natureza reduzem bastante.

Baixo índice de reclamações trabalhistas

É natural que os colaboradores tenham reivindicações e façam sugestões do que pode ser melhorado.

No entanto, se o índice de reclamações estiver muito alto, é provável que a empresa esteja cometendo falhas ao oferecer as melhores condições de trabalho aos funcionários e isso impacta diretamente no clima organizacional. É importante ficar de olho!

Boa visibilidade da marca 

O que os colaboradores falam sobre a empresa nas redes sociais? Eles sentem orgulho de falar que trabalham na organização, indicam os produtos da empresa para os seus amigos?

Quando o ambiente é favorável e os funcionários acreditam nos valores da empresa, eles se tornam verdadeiros propagadores da marca.

Como melhorar o clima organizacional da sua empresa

Nós já falamos sobre o que é e como medir o clima organizacional. Agora, vamos dar algumas dicas do que você precisa fazer para melhorar o ambiente da sua empresa.

Faça uma pesquisa de clima

A realização da pesquisa de clima precisa ser feita com regularidade. Dessa forma, será possível entender se os pontos que foram apontados na última pesquisa e melhorados pela empresa tiveram uma boa resposta dos colaboradores, por exemplo.

 A escolha da frequência precisa ser analisada pelo RH, algumas empresas sentem necessidade de realizar o questionário semestralmente, outras preferem uma abordagem anual. O mais importante é não fazer uma vez só e parar e também manter a qualidade na aplicação da pesquisa de clima.

Foque em metas reais e alcançáveis

Criar metas astronômicas não é a melhor forma de motivar os funcionários. Pelo contrário, eles podem ficar frustrados de não conseguirem alcançar o objetivo, mesmo após tanto esforço, e o desânimo tomar conta da equipe. 

Para evitar isso, os gestores de todas as áreas precisam conseguir analisar o contexto para desenvolverem metas reais, que possam ser alcançadas. Isso não significa “pensar pequeno”, mas ser realista e agir estrategicamente.

Esteja mais próximo dos colaboradores

A comunicação interna é essencial para manter o ambiente de trabalho saudável.

Os funcionários precisam saber claramente quais são os objetivos do negócio, o que a empresa espera deles e, ao mesmo tempo, precisam ser ouvidos pelos líderes e demais colegas.

O fortalecimento desse vínculo precisa ser feito no dia a dia, de forma transparente e honesta. Caso contrário, o efeito pode ser exatamente o contrário. Sabe aquele chefe que só tenta ser amigo dos funcionários na festa de fim de ano? Pois é!  

Engaje os líderes

O mundo mudou e as relações trabalhistas também precisam ser mais humanas, concorda?

As lideranças da empresa precisam agir de forma consciente para ganhar a confiança dos colaboradores por meio do exemplo, jamais pela agressividade.

O líder precisa saber ouvir, ajudar os colaboradores em suas adversidades cotidianas, observar e interpretar o comportamento dos seus liderados.  

A tarefa não é nada fácil, mas pode trazer resultados incríveis. Por isso, é essencial que os líderes estejam empenhados nessa causa.

Dê acesso à saúde

Os colaboradores precisam estar saudáveis para conseguirem desempenhar as suas atividades. Cuidar com bem-estar dos funcionários é um investimento que impacta o clima organizacional em vários níveis, veja alguns pontos:

  • aumento da produtividade;
  • redução de acidentes de trabalho;
  • retenção de talentos;
  • diminuição das faltas e atrasos.

Um funcionário que conta com um bom plano de saúde corporativo fica mais tranquilo, se sente valorizado pela empresa, tem a oportunidade de cuidar melhor do corpo e da mente. Tudo isso impacta na sua felicidade e produtividade.

Não é por acaso que assistência médica é um dos benefícios trabalhistas mais desejados pelos brasileiros. Investir em um plano de saúde empresarial de qualidade pode fazer muita diferença no clima organizacional.

O papel da liderança no clima da sua empresa

A gestão de pessoas está atrelada ao RH, mas não cabe somente ao RH. Um clima organizacional bom é algo que depende também das lideranças em diferentes níveis.

A pesquisa de clima, que mencionamos anteriormente, é uma das ferramentas que a empresa tem para analisar a situação do ambiente e, a partir daí, começar e pensar e executar mudanças.

Lembra-se de que dissemos que clima e cultura podem estar relacionados? A depender das mudanças a serem feitas, o aval da alta-gestão é fundamental porque as escolhas podem afetar essa cultura organizacional.

Além disso, as boas práticas a favor do clima devem ser conhecidas e praticadas por todos, tendo as lideranças de setor ou equipes como exemplos também.

A esses líderes que estão mais próximos dos funcionários no dia a dia, cabe a missão identificar e acompanhar as demandas de cada profissional.

Isso porque o clima organizacional precisa ser positivo para todos, coletiva e individualmente. Assim, não basta que somente o RH esteja envolvido para apresentar o feedback das pesquisas ou acolher eventuais reclamações.

O impacto do clima organizacional na saúde dos colaboradores

Quantas vezes você já ouviu falar ou leu por aí levantamentos que apontam que o Brasil está entre os países mais ansiosos e deprimidos do mundo?

A questão não é "só" a saúde mental embora, felizmente, a atenção a essa questão esteja se intensificando no universo corporativo. Vamos expandir o leque para falar sobre o impacto do clima organizacional na saúde de um modo geral.

O sofrimento mental não surge somente em decorrência do trabalho e múltiplos fatores podem estar relacionados. Consideremos, porém, que os funcionários estejam submetidos a altos níveis de estresse e a um clima ruim.

A tensão que essa situação gera pode levar a dores de cabeça frequentes e dores musculares, por exemplo. Se recorrentes, esses problemas podem se agravar e até desencadear outras questões de saúde.

Eventualmente, uma ansiedade mais acentuada e outros sofrimentos mentais, inclusive a síndrome de burnout, podem se manifestar.

Viu como conseguimos apresentar possibilidades que comprometem o bem-estar e saúde dos colaboradores? Além de afetar seu desempenho, essas questões podem provocar atrasos, faltas e até afastamentos.

Nada disso interessa a nenhuma das partes. Por essa razão, fica ainda mais evidente a necessidade de se cultivar um clima organizacional bom.

Para ter colaboradores com a saúde física e mental em dia, a garantia de benefícios de saúde é bem-vinda, como vimos, inclusive porque planos realizam atendimento preventivo. Prevenir é sempre melhor do que remediar.

Entretanto, é importante deixar claro que doenças laborais podem ser evitadas para que atendimentos urgentes ou significativos em saúde sequer sejam necessários.

Isso é possível quando RH e lideranças atuam juntos para medir e melhorar o clima organizacional.

Conclusão

É cada vez mais evidente para as empresas que o capital humano é seu principal ativo. Acontece que os colaboradores precisam estar bem para ter bons desempenhos e levar o negócio ao sucesso.

Esperamos que o post tenha ajudado você a entender a relação entre ambiente, resultados e saúde, e que você entenda que há caminhos a seguir para mantê-lo o mais saudável possível.

Quer saber como está o clima aí na sua empresa? Conte com nossa planilha de Pesquisa de Clima Organizacional Tangerino + Pipo Saúde!

Planilha e checklist Pesquisa de clima organizacional


Logotipo Pipo Saúde
Pipo Saúde

Conectamos a sua empresa com os melhores benefícios de saúde: Planos de saúde, odontológico e muito mais para o bem estar dos colaboradores da companhia.

Inscreva-se na Newsletter da Pipo!

Imagem de um brilho.

Pronto para simplificar a  gestão de saúde da sua empresa?

Comece agora uma nova relação com o plano de saúde da sua empresa.

Quero uma cotaçãoImagem de uma estrelinha.

Posts recomendados