Recursos Humanos

5 dicas antes de contratar benefícios para a sua empresa

5/11/2019

Por

Pipo Saúde

5 dicas antes de contratar benefícios para a sua empresa

Entra ano e sai ano, as pesquisas que buscam entender os benefícios mais valorizados pelos colaboradores são unânimes quanto ao campeão de favoritismo: o plano de saúde — ou seguro ou assistência à saúde — oferecido pelas empresas. 

Afinal, os serviços de saúde não são tão acessíveis a todos os brasileiros. 

Pelo contrário: arcar com custos desse tipo é uma meta que, geralmente, não sai do papel para grande parte da população de baixa renda. E quem depende do Sistema Único de Saúde (SUS) pode não ter o atendimento necessário à disposição quando precisar.

Esses motivos aumentam a preferência por benefícios voltados para a saúde entre os trabalhadores tanto em pesquisas antigas quanto nas mais recentes realizadas por diversas empresas. 

Mas saiba que existem outras vantagens também muito valorizadas pelas empresas.

Vamos abordar quais são elas, como a empresa também ganha ao contratar benefícios e como fazer isso com inteligência. Você não vai perder, certo?

O que são benefícios empresariais?

Podem ser chamados de benefícios as vantagens, facilidades, conveniências ou estímulos que uma empresa oferece aos seus colaboradores. Saiba que não se trata apenas de vale-transporte, 13º salário, FGTS e férias; esses são os direitos do trabalhador.

Os benefícios são oferecidos de forma voluntária e não obrigatória pela organização, e pode haver um percentual de desconto na folha de pagamento do funcionário ou não. Isso fica a critério da empresa. 

Além de salários atrativos, os trabalhadores, principalmente os mais qualificados, valorizam muito as empresas que oferecem benefícios vantajosos, pois entendem que a organização se preocupa com sua saúde, bem-estar e motivação. 

Os mais comuns são:

  • planos de saúde ou seguros saúde;
  • plano odontológico;
  • seguro de vida;
  • vale-cultura;
  • vale-refeição;
  • vale-alimentação;
  • bolsas de estudo;
  • auxílio-creche.

Por que oferecer benefícios na empresa?

É comum vermos pessoas que não enxergam o outro lado da moeda quando o assunto é contratar benefícios para os colaboradores. Encaram a implementação como um custo e não como investimento no seu time e, consequentemente, em ganhos para a empresa. 

Porém, os ganhos do lado da empresa são vários:

É um diferencial competitivo para reter talentos

Falamos acima que os melhores talentos estão priorizando, cada vez mais, permanecer ou optar por trabalhar em empresas que oferecem algo mais, além de bons salários.

Imagine, por exemplo, se a organização oferecer planos de saúde e os funcionários pagarem apenas a coparticipação.

Isso, certamente, será uma motivação para que o trabalhador permaneça na companhia e queira se desenvolver mais, pois sabe que o local é vantajoso para se trabalhar. O mesmo acontece com quem recebe vale-alimentação — que permite fazer compras em supermercados — e o vale-cultura, por exemplo.

Beneficia-se de incentivos fiscais

Por falar em vale-cultura, saiba que alguns benefícios oferecem contrapartidas ainda mais vantajosas para os empregadores, como os incentivos fiscais, e o vale-cultura é um deles. Isso quer dizer que, ao investir nessa vantagem, a empresa poderá deduzir do seu Imposto de Renda o valor que foi destinado para compra do benefício. 

Legal, não é?

Promove a satisfação e segurança dos funcionários

Seguro de vida, seguro saúde e planos odontológicos oferecem tranquilidade financeira ao saber que poderão recorrer ao serviço em casos de urgência. 

Garantem também mais segurança aos trabalhadores se ocorrem doenças e invalidez, pois sabem que não ficarão desamparados e o mesmo acontece com a família do segurado caso venha a falecer.

Reforça o employer branding

Employer branding é um conjunto de estratégias adotadas pela empresa para reforçar a marca como empregadora para os funcionários. 

Em outras palavras, significa como os colaboradores avaliam a reputação da empresa para trabalhar, se boa ou ruim.

Ao oferecer benefícios, certamente a organização está preocupada com seu time e comprometida em promover o bem-estar, a saúde e a satisfação dos trabalhadores. Assim, é bem vista por eles e o investimento resulta em bons ganhos como contrapartida.

Como contratar benefícios de maneira eficiente e vantajosa?

Depois de entender quais são os principais benefícios oferecidos no mercado, saber como eles influenciam em um bom clima organizacional e reflete em diversas melhorias, é hora de aprender como contratá-los de forma inteligente para a empresa e para o time.

1. Garanta que os benefícios obrigatórios estejam em dia

Pode parecer que nem são benefícios por serem uma obrigação da empresa e exatamente por isso é que recursos como vale-transporte, FGTS e férias precisam ser priorizados na hora de verificar se está tudo em ordem e se estão sendo pagos em dia

Por isso, antes de oferecer outras vantagens, além das que são direitos do trabalhador, garanta que o básico esteja sendo cumprido e que o colaborador não seja prejudicado em nenhum momento se houver falta dessas assistências.

E é claro, que o seu negócio não será penalizado por isso.

2. Conheça sua equipe

Você realmente conhece seus colaboradores e sabe quais são as necessidades deles? 

Se não, é importante ter atenção: o perfil do seu time influencia muito na escolha dos benefícios. 

Exemplo: se há poucas mães e pais na empresa, o auxílio-creche pode não ser uma prioridade em relação a vantagens como bolsas de estudo. 

Além disso, especificamente sobre os planos de saúde, entender o perfil dos funcionários pode contribuir para a diminuição dos seus custos com o benefício.

Pense nisso! 

3. Pesquise e compare

Talvez você seja da turma de pessoas que acreditam que benefícios são caros para a empresa, mas saiba que podem ser mais baratos do que você imagina

Por isso, é importante avaliar as opções e comparar as vantagens e desvantagens de cada uma.

O atendimento também deve ser levado em conta já que muitas organizações querem apenas bater meta e não investem na venda consultiva, aquela focada nas reais necessidades do cliente. 

Aqui temos um case de sucesso de um cliente que conseguiu reduzir em 50% os custos com planos de saúde com a Pipo. Vale a pena conferir!

4. Conte com a ajuda de um bom consultor 

O consultor é a pessoa mais indicada para lhe ajudar a escolher os benefícios, pois ele estará focado em entender o perfil da empresa, como é a realidade dos colaboradores e da empresa, vai indicar planos acessíveis ao orçamento disponível e ajudar com a tomada de decisão.

É importante que essa pessoa seja de confiança especialmente porque podem haver conflito de interesses, onde o consultor ganha por te oferecer determinada operadora de serviços ou pacote que não necessariamente é o ideal e mais em conta para o seu negócio.

5. Conheça suas possibilidades

Não adianta pensar em excelentes benefícios se na hora do fechamento da compra você se deparar com a informação de que não há caixa disponível para isso. É um gasto de tempo e de esforço desnecessários, pois o planejamento foi feito sem levar os recursos financeiros em conta.

Se uma empresa não pode investir em um programa de benefícios no momento, é possível adotar recompensas não monetárias como horário de trabalho flexível, modelo híbrido — aquele em que o funcionário pode trabalhar uns dias na empresa e outros em casa —, folga abonada em um dia do mês, entre outras formas possíveis para a companhia.

Dica bônus: benefícios flexíveis

Já ouviu falar nos benefícios flexíveis? Esse recurso parte do entendimento de que colaboradores são diferentes e têm necessidades diferentes

Exemplo disso é quando um prefere o vale-refeição porque gosta de almoçar em restaurantes diferentes e o outro opta pelo vale-alimentação, pois leva a própria comida e pode comprar em supermercados.

Esse tipo de autonomia é saudável para os colaboradores, pois sentem que fazem parte do negócio e que a empresa leva em consideração a sua realidade e gostos pessoais para fazer o melhor uso dos benefícios. 

Ainda, algumas empresas como a Caju e a Flash Benefícios possuem essa opção de converter o cartão alimentação em uma opção de crédito que pode contemplar outros benefícios em um único lugar. 

Nisso o próprio beneficiário escolhe como e quando usar, já que nos dois casos o cartão utilizado funciona na função crédito e por isso é aceito em quase todos os estabelecimentos, de todos os tipos. 

É uma tendência e uma aposta importante para a organização. 

Por fim…

Para finalizar o nosso assunto, tenha em mente que contratar benefícios empresariais pode ser um custo ou um investimento, depende da forma como você enxerga a situação e de como é a relação da empresa com os colaboradores. 

No entanto, lembre-se de que eles são o principal ativo da companhia e quanto mais satisfeitos, mais são produtivos.

Quer encontrar benefícios que se encaixam com os insights da sua empresa?

Conta com a Pipo! Entre em contato com a gente e vamos conversar sobre isso!

Logotipo Pipo Saúde
Pipo Saúde

Conectamos a sua empresa com os melhores benefícios de saúde: Planos de saúde, odontológico e muito mais para o bem estar dos colaboradores da companhia.

Atendente

Pronto para simplificar a gestão de saúde da sua empresa?

Comece agora uma nova relação com o plano de saúde da sua empresa.

Quero uma cotação

Posts recomendados