Recursos Humanos

Desvendando nomenclaturas: o que é coparticipação?

20/11/2020

Por

Pipo Saúde

Desvendando nomenclaturas: o que é coparticipação?

Coparticipação é um dos principais termos que surgem quando pesquisamos sobre planos de saúde corporativos. Para saber se essa é uma alternativa vantajosa, é essencial saber o que isso significa. 

Em poucas palavras, a coparticipação acontece quando a conta da utilização de determinados procedimentos cobertos pelo plano é dividida entre o colaborador e a empresa. 

Acompanhe para entender melhor! 

O que é coparticipação?

A coparticipação é um valor pago pelo beneficiário quando ele utiliza um serviço coberto pelo plano de saúde

A empresa arca com a mensalidade e os colaboradores devem pagar uma taxa quando utilizarem determinados procedimentos de saúde. A cobrança pode ser feita em consultas, exames, atendimentos ambulatoriais e tratamentos. 

Ou seja: a conta do plano de saúde é rachada entre a empresa e o beneficiário. Entretanto, existem algumas regrinhas e nós vamos entender melhor ao longo do conteúdo, ok?

Como funciona a coparticipação?

Vamos analisar um exemplo: Joana, beneficiária de um plano de saúde corporativo com coparticipação, precisa fazer um exame de rotina. 

Quando ela fizer o procedimento, o valor da taxa será descontado da sua folha de pagamento, dentro do prazo estabelecido em contrato (em geral, o desconto acontece entre 60 e 90 dias depois do evento). 

A taxa não pode ser aplicada em todos os serviços, afinal, a ANS proibiu a cobrança de coparticipação em mais de 250 procedimentos e eventos em saúde. São alguns deles:

  • 4 consultas por ano com médico generalista;
  • exames de triagem neonatal (teste do pezinho, teste da orelhinha);
  • exames de pré-natal (pelo menos 3 exames de ultrassonografia, consultas);
  • exames preventivos (teste de HIV e sífilis, mamografia).
  • tratamentos crônicos (hemodiálise, quimioterapia);

Planos com e sem coparticipação: qual a diferença?

Um plano de saúde pode ser contratado com ou sem coparticipação — as duas formas são aprovadas pela ANS. 

Como vimos, o plano com coparticipação é aquele em que o beneficiário paga uma taxa (além da mensalidade arcada pela empresa) para poder utilizar os serviços de saúde.

No plano de saúde sem coparticipação, apenas a mensalidade precisa ser paga para que o cliente possa utilizar todos os serviços cobertos pelo plano. 

Na prática, uma das principais diferenças é que o valor da mensalidade no plano de saúde com coparticipação costuma ser mais atrativa em relação ao custo da mensalidade do plano sem coparticipação. 

Quais as vantagens do plano de saúde com coparticipação?

Uma das maiores vantagens do plano com coparticipação é a possibilidade de usar o plano de saúde com consciência, ou seja, utilizar o serviço apenas quando realmente necessário. 

Por consequência, você pode ter descontos significativos. Lembre-se que o valor da mensalidade também varia de acordo com a operadora e o plano escolhido. 

Para grupos que não possuem um grande histórico de doenças preexistentes, com baixa frequência de Check Up médico, o plano de saúde com coparticipação pode ser o ideal. Afinal de contas, o atendimento é o mesmo oferecido para os planos tradicionais e a taxa não precisa ser paga em diversos procedimentos, entre eles internações e cirurgias. 

Com esse tipo de plano, o valor pago mensalmente pela empresa irá cair e os colaboradores não terão dificuldades em coparticipar com os custos da utilização.

Como funciona a cobrança do plano com coparticipação?

A operadora do plano de saúde define a taxa que deve ser paga pelo beneficiário de acordo com cada procedimento realizado. No entanto, não é permitido ultrapassar 40% do valor do serviço e também é necessário respeitar outros limites estabelecidos pela ANS:

  • limite mensal: o beneficiário não pode pagar mais do que o valor da mensalidade em coparticipação no mês;
  • limite anual: o beneficiário não pode pagar mais do que o valor de 12 mensalidades em coparticipação no período de um ano. 

No plano de saúde corporativo, o valor dos serviços utilizados costuma ser descontado na folha de pagamento. O prazo para o desconto varia de acordo com o que foi estabelecido em contrato, mas geralmente acontece entre 60 e 90 dias após a utilização.  

Como saber se vale a pena financeiramente?

De modo geral, o plano com coparticipação é muito vantajoso financeiramente para a empresa. Afinal, a mensalidade paga nesse tipo de convênio fica mais barata. 

Mas, pensando no investimento a longo prazo e na satisfação dos colaboradores (que afeta diretamente a produtividade), a empresa e os beneficiários precisam colocar no papel para entender se o plano de saúde com coparticipação é a melhor alternativa.

Primeiro, pegue o valor das duas opções de plano de saúde:

• Vamos supor que o plano tradicional, sem coparticipação, custe R$ 300 por mês; já o plano de saúde com coparticipação custa R$ 180 por mês.

Isso representa uma economia de R$ 120 mensalmente e R$ 1.440 por ano ao colaborador, certo?

• Agora, vamos entender qual é a taxa comum de consultas e exames para o plano de saúde com coparticipação: se a cada consulta o beneficiário gastar R$ 40, significa que para valer a pena financeiramente ele terá que fazer menos de 36 consultas por ano.

Combina com o seu perfil ou o perfil dos colaboradores da sua empresa? Então vale a pena!

Quem determina se o plano será com coparticipação ou pago inteiro pela empresa?

No plano de saúde empresarial, a empresa é que define esse tipo de característica do convênio, junto com o corretor de seguros e a operadora de saúde.

Ainda está com dúvida? Deixe um comentário que nós vamos te ajudar! 


A Pipo Saúde é muito mais do que uma corretora de saúde e a nossa equipe está pronta para ajudar você no que for preciso!
Você pode rever ou cotar novos benefícios para a sua empresa, incluindo plano de saúde. Clique aqui e solicite uma cotação para o nosso time.

Logotipo Pipo Saúde
Pipo Saúde

Conectamos a sua empresa com os melhores benefícios de saúde: Planos de saúde, odontológico e muito mais para o bem estar dos colaboradores da companhia.

Atendente

Pronto para simplificar a gestão de saúde da sua empresa?

Comece agora uma nova relação com o plano de saúde da sua empresa.

Quero uma cotação

Posts recomendados