Convênio médico e plano de saúde: qual a diferença?

14/4/2021

Por

Larissa Reis

Convênio médico e plano de saúde: qual a diferença?

Há quanto tempo você acha que convênio médico e plano de saúde são a mesma coisa?

No dia a dia, os termos são usados como sinônimos inclusive nos consultórios, clínicas e hospitais. Por isso, é perfeitamente normal não saber ainda que existe uma diferença entre eles.

Ao longo da leitura deste post, você vai entender melhor o que caracteriza cada tipo de serviço e quais fatores levar em consideração na hora de escolher entre convênio e plano de saúde. Confira!

O que é convênio médico?

Vamos começar esclarecendo que convênio médico é um serviço oferecido por determinadas empresas para oferecer acesso a consultas médicas e exames com valor mais baixo.

Um convênio pode ser empresarial, contratado individualmente ou para a família ou, ainda, contratado de forma coletiva junto a uma associação de profissionais como um sindicato.

Pode ser chamado também de plano assistencial e, talvez, isso até ajude você a começar a pensar nas diferenças entre o convênio médico e plano de saúde. Isso porque há um foco na ideia de prestar assistência.

Mas, se você ainda não está entendendo com clareza, não se preocupe. Vamos resolver essa dúvida de uma vez por todas.

Quais as diferenças entre convênio médico e plano de saúde?

No dia a dia, você pode seguir usando convênio médico e plano de saúde como sinônimos, se quiser. Entretanto, precisa ter clareza quanto às diferenças, sobretudo quando for contratar e usar um dos serviços.

Então, vamos lá!

Adesão

O processo de adesão a um convênio médico é mais simples e costuma demandar apenas alguns minutos.

Basta apresentar informações básicas de cadastro, podendo fazer a opção de incluir dependentes, para acessar a lista de serviços e profissionais de saúde parceiros.

Em contrapartida, a adesão a um plano de saúde exige a leitura atenta de um contrato com uma série de cláusulas. Entre elas, as que verificam doenças pré-existentes e determinam o teto de cobertura do serviço.

Proposta

Eis uma diferença muito importante: o convênio médico apenas garante desconto em consultas e exames laboratoriais. Além do mais, a assistência hospitalar não está inclusa.

Já o plano de saúde cobre consultas, exames e pode incluir também a assistência hospitalar. Não é sem motivo que se trata de um serviço mais caro.

Carência

Outra questão é que, uma vez que o convênio médico for contratado, você já pode começar a usá-lo.

Para isso, só precisa entrar em contato com a rede conveniada e fazer o agendamento da consulta ou exame.

Com o plano de saúde é diferente porque existe um período de carência a ser respeitado. Em geral, os atendimentos de urgência e emergência podem ser feitos 24 horas a partir da assinatura do contrato.

Outros, que vão de simples consultas a cirurgias, precisam de mais tempo, sendo que a duração da carência varia de acordo com o tipo de atendimento.

Cobrança

É interessante dizer também que a adesão a um convênio médico resulta no pagamento de uma mensalidade bem mais acessível do que a do plano de saúde.

Enquanto a pessoa que utiliza o convênio tem desconto nas consultas, a que usa o plano de saúde pode ter que pagar ou não com valores extras a cada atendimento.

Cancelamento

Caso você desista de contar com o serviço, o cancelamento do convênio médico é ainda mais simples do que sua adesão.

Basta informar à central de atendimento sobre sua decisão e quitar a mensalidade em aberto, se for o caso.

Por sua vez, o cancelamento do plano de saúde é tão ou mais burocrático que o processo de adesão. É preciso conferir as cláusulas do contrato, as regras para a rescisão e se informar sobre a possibilidade do pagamento de multas. 

Outras diferenças

É preciso dizer ainda que o convênio médico não faz reembolsos, enquanto a possibilidade existe no plano de saúde.

Ainda, convênios podem oferecer outros serviços como seguro de vida e auxílio funeral. Por sua vez, os planos focam apenas em serviços de saúde.

O que considerar na escolha entre convênio médico ou plano de saúde?

Agora que você conhece melhor as diferenças entre convênio médico e plano de saúde, já sabe qual escolher?

Tenha em mente que não há uma única resposta certa. Nosso objetivo não é dizer contrate X ou Y, mas fornecer as informações básicas para que você tome sua própria decisão.

Quanto a isso, considere aquilo que melhor atende às suas necessidades, as de sua família ou a de sua empresa (caso você seja um RH pensando em um serviço para os funcionários).

Avalie questões como:

A inclusão de dependentes me interessa? Existe essa possibilidade?

Algumas pessoas precisam de um convênio médico ou plano de saúde só para si. Outras, porém, querem um serviço que contemple a família.

Com isso em mente, é preciso avaliar as possibilidades e suas condições para entender qual a escolha mais adequada;

A cobertura do serviço é suficiente para minhas necessidades?

Como exemplo, vamos mencionar aqui a questão da assistência hospitalar.

Se você tem motivos para crer que vai precisar desse tipo de atendimento, talvez a melhor alternativa seja o plano e não o convênio médico.

Tente, porém, estudar com atenção as propostas das operadoras que você encontrar antes de tomar sua decisão;a

O valor da mensalidade é acessível? Posso pagar mais por um serviço mais completo?

Saúde é coisa séria e, por isso, sempre buscamos qualidade. Acontece que, nem sempre, é fácil arcar com os custos envolvidos e isso precisa ser pensado.

Um convênio médico, como vimos, é mais barato. Sua proposta é justamente conseguir atendimento de qualidade com desconto para os beneficiários.

Entretanto, a depender do que você precisa, o plano pode ser um serviço mais completo que faça valer o custo-benefício. Uma realidade que, em geral, faz ainda mais sentido para empresas;

Quais as características da rede credenciada? Há bons profissionais nas diferentes áreas?

Pouco ajuda ter um convênio ou um plano de saúde por meio do qual você não consiga marcar consultas com um especialista de uma determinada área.

Por isso, é importante avaliar a disponibilidade dos profissionais de saúde e suas áreas de atuação.

Vale lembrar que, se você precisar buscar um médico fora da rede conveniada, pode conseguir reembolso do plano, mas do convênio médico, não. Em todo caso, a melhor das situações é evitar esse tipo de problema.

Conclusão

Viu só como a diferença entre convênio médico e plano de saúde é mais significativa do que parece?

Depois de te contar tudo isso, só nos resta dizer que a Pipo auxilia na cotação e contratação de benefícios de saúde para empresas, além de proporcionar uma gestão inteligente e baseada em dados.

Assim, você pode contar conosco para escolher e gerir o benefício certo para sua organização e seus funcionários!

Achou interessante? Não perca tempo e conheça a Pipo já!

Logotipo Pipo Saúde
Pipo Saúde

Conectamos a sua empresa com os melhores benefícios de saúde: Planos de saúde, odontológico e muito mais para o bem estar dos colaboradores da companhia.

Inscreva-se na Newsletter da Pipo!

Imagem de um brilho.

Pronto para simplificar a  gestão de saúde da sua empresa?

Comece agora uma nova relação com o plano de saúde da sua empresa.

Quero uma cotaçãoImagem de uma estrelinha.

Posts recomendados