Recursos Humanos

Como o RH pode otimizar custos

18/12/2020

Por

Aline Oliveira

Como o RH pode otimizar custos

Um dos maiores desafios das empresas é reduzir gastos em suas atividades. Acontece que, muitas vezes, o RH recebe a importante missão de otimizar custos, uma vez que vários dos principais processos da organização passam por esse setor.

Em ano de crise, como vivemos em 2020 — e que, certamente, deixará consequências por um bom tempo —, a contenção de despesas se tornou ainda mais urgente. Pensando nisso, elaboramos algumas estratégias e dicas que podem auxiliar o RH em várias ações. 

Você verá que, ao adotar medidas de otimização de custos, a empresa poderá destinar melhor esse custo e investir em melhorias que são realmente necessárias, aprimorar a oferta de benefícios e, até mesmo, investir em novos projetos. Não deixe de conferir!

Faça da tecnologia a sua aliada

É inegável como a tecnologia é uma excelente parceira de negócios e, para reduzir despesas, não seria diferente. Utilize sistemas que tornem a rotina de departamento pessoal e RH mais eficientes, ágeis e menos custosos para:

  1. auxiliar na gestão da folha de pagamento;
  2. agilizar e melhorar o controle na gestão de benefícios;
  3. otimizar processos de contratação, como sistemas de triagem de currículos e de busca por palavras-chave;
  4. aprimorar o banco de dados da empresa, com foco em People Analytics.

Reconsidere as parcerias e os fornecedores 

Firmar parcerias e ter bons fornecedores é uma ótima estratégia para alavancar o negócio no mercado, porém, essas relações precisam ser realmente vantajosas para as partes. 

É importante fazer uma nova análise sobre os contratos com fornecedores e parceiros e rever o que atende às necessidades da empresa. Se necessário, procure outras opções que estejam mais alinhadas com os seus interesses.

Entenda o poder da comunicação clara e efetiva

Os ruídos e a má comunicação também podem custar caro para a empresa. E, neste sentido, estamos nos referindo a todos os processos, desde a comunicação correta entre os profissionais, até sobre ouvir as necessidades de cada área por meio de um diálogo aberto.

Converse com seus gestores e seus funcionários, entenda como as ações são realizadas em cada setor, quais são os gargalos, peça opiniões sobre melhorias e veja a mudança nos resultados.

Otimize o tempo e a jornada de trabalho

Tempo é dinheiro e no setor de RH tudo o que puder ser otimizado para facilitar a rotina de trabalho dos setores, representa uma boa economia de custos. Precisa de exemplos para entender como economizando tempo também economiza-se dinheiro? Aqui vão alguns:

  • Invista em entrevistas, dinâmicas, reuniões e treinamentos online. Assim, cada um pode fazer da sua casa ou do local de trabalho, sem precisar se deslocar e gastar com passagens, combustível e outros recursos;
  • Aposte em ferramentas tecnológicas que facilitem a rotina dos trabalhadores, como a marcação de ponto online. Controlar a jornada do seu time ajuda a reduzir custos com horas extras. Essa estratégia também permite a redução de papéis impressos que as máquinas convencionais acabam desperdiçando;
  • Faça apenas as reuniões necessárias, pois o tempo despendido nesses momentos podem ser revertidos em horas de produção para a empresa.

Aperfeiçoe os processos de contratação

Além da tecnologia ser uma aliada nos processos de recrutamento e seleção devido à agilidade, praticidade e integração que sistemas oferecem, utilizar recursos específicos permite uma contratação mais certeira e estratégica.

Tenha em mente que uma admissão errada sai caro para a empresa. São custos com exames demissionais, acertos trabalhistas e indenizações. Além, claro, de todas as despesas para contratar e treinar um novo colaborador para aquela posição.

Por isso, aperfeiçoe os processos de recrutamento e seleção da sua empresa utilizando ferramentas e estratégias, como o People Analytics. Da mesma forma, invista na padronização de processos de contratação e explore dados e indicadores dos colaboradores e candidatos.

Terceirize quando necessário

Nem sempre as empresas precisam realizar todas as atividades internamente ou comprar máquinas caras para desempenhar determinadas tarefas. Muitas vezes, é mais vantajoso e econômico terceirizar demandas e se concentrar nas ações fundamentais de execução interna.

Tenha atenção à oferta de benefícios da empresa

Os planos de saúde estão entre os benefícios mais desejados pelos colaboradores e também entre os mais onerosos para as empresas, sendo, hoje, o segundo maior custo depois da folha de pagamentos.

Por isso, é preciso escolher esses serviços com atenção, visando à redução de custos. A boa notícia é que isso é possível! Tem dúvidas? Não se preocupe! 

Vamos lhe apresentar exemplos no próximo tópico, específico para você entender como os planos de saúde oneram as empresas, apesar de os pacotes de benefícios serem facilitadores para atração e retenção de talentos e oferecer diversos benefícios. 

Nós trabalhamos com saúde empresarial e queremos te ajudar a vencer alguns desses obstáculos.

Planos de saúde: o maior custo depois da folha de pagamentos

É possível reduzir custos com a saúde na organização sem perder em qualidade. Separamos dois casos que demonstram o que a Pipo já fez pelos seus clientes.

Estudo de caso #1 - Pipo + Oyo: redução de custos em 55%  

Contexto: empresa com necessidade de reduzir custos significativamente, mas não queria abrir mão da qualidade do plano de saúde.

Solução: depois de entendermos o que realmente importava para a empresa — a oferta de hospitais premium em SP e RJ —, percebemos que mais de 60% da base ficava fora do eixo SP- RJ. 

Encontramos outra operadora com melhores coberturas a nível nacional e que também atendia às necessidades específicas de SP e RJ.

O que entregamos: plano de saúde equivalente, aliado à redução de R$ 12m ao ano, ou 55% no custo anual.

Estudo de caso: Pipo Saúde + OYO
Baixe agora o estudo de caso!

Estudo de caso #2 - Pipo + Caelum: 96% no reajuste do plano de saúde que virou 16%

Contexto: empresa sem visibilidade no reajuste de saúde. Quando a operadora enviou a conta para o ano seguinte: 96% de aumento, com 30 dias para resposta.

Solução: depois de uma análise detalhada da sinistralidade, a Pipo entendeu que o pico havia sido causado por um evento extraordinário (uma UTI neonatal). Ao explicarmos o evento na negociação com operadoras, conseguimos evitar o aumento em 16% ao ano.

O que entregamos: um plano de saúde melhor, aliado à redução do reajuste em 6x, ou R$ 318k ao ano (equivalente a oito mensalidades).

Estudo de caso: Pipo Saúde + Caelum
Estudo de caso: Pipo Saúde + Caelum

Viu quantas vantagens e melhorias a Pipo pode oferecer ao entender de quais formas a sua empresa consegue otimizar custos? Isso é possível tanto na cotação dos melhores benefícios aos colaboradores como na gestão correta desses serviços.

Conheça nossos serviços, solicite uma cotação e entenda o que podemos fazer pelo seu negócio! 

Logotipo Pipo Saúde
Pipo Saúde

Conectamos a sua empresa com os melhores benefícios de saúde: Planos de saúde, odontológico e muito mais para o bem estar dos colaboradores da companhia.

Imagem de um brilho.

Pronto para simplificar a  gestão de saúde da sua empresa?

Comece agora uma nova relação com o plano de saúde da sua empresa.

Fale com nossos consultoresImagem de uma estrelinha.

Posts recomendados