Recursos Humanos

Porque os custos de saúde da sua empresa continuam subindo?

10/8/2020

Por

Dr Thiago Liguori

Porque os custos de saúde da sua empresa continuam subindo?

O fato que a saúde é o segundo maior custo nas empresas, ficando atrás apenas da folha de pagamento é conhecido por todos. Em 2010, o então CEO da Starbucks, Howard Schultz já disse: "Nós gastamos mais com saúde do que café!" Mas porque será que apesar de inúmeros esforços os custos da saúde nas empresas continua subindo tanto?


 O reajuste do plano de saúde empresarial é um acordo estabelecido diretamente entre a operadora e a empresa contratante. O valor sofre alterações tendo como base a utilização dos serviços pelos colaboradores, ou seja, quanto mais os funcionários utilizam o benefício, mais o preço sobe. É o que chamamos de sinistralidade dos planos de saúde.


Além disso, a variação do custo médico hospitalar (VCMH), também conhecida como inflação médica, é a medida usada pelas operadoras de planos e seguros de saúde para aplicar o reajuste anual nos contratos com as empresas. O valor mais recente desse índice foi de 14,2% (calculado em Setembro/2019), que ficou muito acima da inflação no período, de 2,9%.(IESS - Instituto de Estudos de Saúde Suplementar).


Em relação a distribuição dos custos em saúde, as internações hospitalares lideram a

composição dos custos com assistência à saúde, sendo geralmente responsáveis por 50 a 60% do sinistro. A outra metade da conta é dividida entre:


  • Exames Subsidiários (15-20%) - como exames de laboratório, exames de imagem - Ultrassom, Tomografia, Ressonância magnética, entre outros;
  • Consultas ambulatoriais (8-10%);
  • Pronto-Socorro (8-10%) - Visitas à emergência podem desencadear exames e procedimentos que podem ser agrupados na mesma conta;
  • Terapias (2-5%);
  • Outros (2-5%) - Procedimentos e pequenas cirurgias ambulatoriais. 


 É importante salientar que diferentes empresas têm diferentes perfis populacionais, tanto de colaboradores quanto dependentes, logo essa é apenas uma média do mercado, mas podem ocorrer variações, especialmente em populações mais idosas, que aumenta a chance da presença de doenças crônicas.


Sem dúvida as altas taxas de sinistralidade somadas a uma inflação médica que superou 100% nos últimos 10 anos têm tornado os custos de saúde insustentáveis em várias empresas, muitas vezes levando ao downgrade do plano. 

Essa informação foi importante para você? Compartilhe com mais amigos que precisam saber sobre os custos de saúde.

Para saber como a Pipo pode te ajudar a otimizar esses valores, clique aqui, preencha o formulário e o nosso time entrará em contato.

Logotipo Pipo Saúde
Pipo Saúde

Conectamos a sua empresa com os melhores benefícios de saúde: Planos de saúde, odontológico e muito mais para o bem estar dos colaboradores da companhia.

Atendente

Pronto para simplificar a gestão de saúde da sua empresa?

Comece agora uma nova relação com o plano de saúde da sua empresa.

Quero uma cotação

Posts recomendados