Employer branding: o que é, importância e como aplicar

6/10/2021

Por

Carolina Lais

Employer branding: o que é, importância e como aplicar

Segundo uma pesquisas, 70% dos profissionais consideram a reputação da empresa enquanto marca empregadora antes de aceitar uma oferta de emprego. As pessoas estão cada vez mais preocupadas com a qualidade de vida e sabem que atuar em um ambiente de trabalho tóxico não faz nada bem. 

Por isso, empresas que querem atrair e reter talentos precisam investir no seu employer branding, ou seja, em estratégias para ser reconhecida como um bom lugar de trabalho. Se você quer entender melhor esse conceito, os seus benefícios e como implementá-lo, está no lugar certo. 

Neste conteúdo você encontra:

O que é employer branding?

Employer branding, que em tradução livre significa marca do empregador, é um conjunto de estratégias desenvolvidas para fazer a empresa ser reconhecida como um bom lugar para se trabalhar.

Assim como investem técnicas e ferramentas para atrair e reter clientes, cada vez mais empresas realizam ações para melhorar o ambiente de trabalho e o bem-estar dos colaboradores para conquistar o seu espaço como boa marca empregadora e atingir outros objetivos.

Afinal, o employer branding ajuda o negócio a ter funcionários motivados e felizes, o que traz benefícios, como melhora na  produtividade, redução de absenteísmo e melhora do clima organizacional.

Além disso, quem não quer trabalhar em uma empresa que investe na qualidade de vida e desenvolvimento profissional dos seus funcionários?  O processo de atração e retenção dos melhores talentos do mercado fica muito mais eficiente quando a empresa tem uma boa reputação como marca empregadora.

Apesar de estarem relacionados com a experiência do colaborador, employer branding e employee experience são conceitos diferentes. 

Enquanto o último foca exclusivamente em fortalecer a relação entre as empresas e os funcionários, o employer branding é uma estratégia mais geral — que envolve melhorar a reputação da empresa enquanto marca empregadora para colaboradores, candidatos e o mercado de trabalho.

Qual a importância de ser uma marca empregadora?

Não é exagero falar que as pessoas são o bem mais valioso de uma empresa. Sem times engajados e motivados, fica quase impossível que o negócio atenda os clientes com qualidade e atinja as suas metas.

Por conta disso, atrair e reter bons talentos é um dos maiores desafios do RH, especialmente porque o mercado está cada vez mais competitivo e os candidatos estão mais criteriosos na hora de escolher onde vão atuar. 

Sendo assim, o employer branding é importante para que a empresa atraia bons candidatos, consiga fazer com que os melhores talentos queiram fazer carreira na companhia e se tornem divulgadores da marca. Essa boa reputação influencia a imagem da empresa no mercado de trabalho e até mesmo com os consumidores.

Benefícios de investir em uma estratégia de employer branding

Quando a estratégia de employer branding é bem-sucedida e a empresa consegue incorporar a missão, valores e visão em todas essas etapas, o resultado é a atração e retenção de talentos alinhados à sua cultura organizacional. 

Mas os benefícios vão além de conseguir contratar e reter colaboradores que tenham fit cultural com o negócio. Confira as principais vantagens:

Cria promotores da marca 

Se você tem o hábito de acessar o LinkedIn, com certeza já viu funcionários elogiando ações das suas empresas, incentivando pessoas a participarem dos processos seletivos dela e outras situações parecidas.

Quando se sente bem valorizado e se identifica com os valores da empresa, o colaborador vira um verdadeiro embaixador da marca. Isso aumenta as chances dele divulgar as ações do negócio para amigos, familiares e para os colegas recém-contratados.

Melhora a produtividade

O desempenho dos times é influenciado pelo ambiente de trabalho. De acordo com uma pesquisa da Gallup feita em 2020, funcionários engajados são 17% mais produtivos e apresentam uma redução de 40% na taxa de absenteísmo.

Redução de custos de recrutamento e seleção

Uma das medidas para ter um employer branding positivo é adotar um recrutamento inteligente, que considera os talentos internos e utiliza ferramentas tecnológicas para otimizar os processos.

Além disso, o RH vai conseguir atrair bons candidatos para uma oportunidade. Afinal, a empresa vai ser cobiçada pelo mercado. Tudo isso promove uma redução nos custos de recrutamento e seleção.

Como implementar o employer branding na sua empresa?

O employer branding envolve toda a jornada do talento dentro da organização — ela começa antes mesmo do candidato iniciar o processo seletivo, vai até o momento da contratação, e também passa pelas experiências que ele tem como funcionário.

As estratégias precisam estar alinhadas com a cultura da empresa e terem consistência, ou seja, é um projeto a longo prazo. Por isso, além do RH, as ações para fortalecer a marca empregadora podem envolver várias áreas, como o setor de marketing, comunicação e a diretoria.

Veja alguns insights de como aplicar o conceito:

Identifique os valores e comunique os valores do negócio

A transparência é um pilar fundamental de uma boa marca empregadora. Para conseguir transmitir a cultura organizacional em todas as comunicações da empresa, o primeiro passo é conhecer a fundo os seus elementos.

Isso é importante para conseguir direcionar as campanhas de comunicação e marketing, definir regras de convivência e também para desenvolver processos seletivos mais eficientes.

Promova uma boa experiência do candidato

O processo de recrutamento é um momento importante para construir uma boa reputação como marca empregadora. Ainda que o candidato não seja contratado, é bem provável que ele divulgue a sua experiência (seja ela negativa ou positiva) com conhecidos, nas redes sociais e até mesmo em sites especializados de avaliação de empresas, como o Glassdoor.

Sendo assim, é importante criar um processo bem estruturado, que informe bem o candidato sobre as características do cargo e dos propósitos da empresa, bem como ofereça feedbacks ao longo das etapas.

Defina a proposta de valor do negócio

O EVP (Employee Value Proposition) é o conjunto de benefícios que a empresa oferece aos seus colaboradores. Além do salário e de benefícios obrigatórios, o EVP permite que a organização ofereça recompensas estratégicas para atrair os melhores candidatos e fazer com que eles queiram fazer carreira na empresa

A escolha dos benefícios varia de acordo com a cultura organizacional, mas pode envolver:

  • planos de saúde;
  • horário flexível;
  • bolsas de estudo;
  • ambiente diverso e inclusivo;
  • home office.

Conclusão

As ações de employer branding são vantajosas para todos os envolvidos. Os candidatos e funcionários ganham uma experiência melhor com a empresa, que, por sua vez, consegue atrair e reter talentos compatíveis com a sua cultura, além de reduzir custos a longo prazo e melhorar a produtividade.

Uma boa marca empregadora precisa estar atenta às mudanças e aberta a atualizar as suas estratégias. Aproveite para conferir o nosso e-book “Dicas e tendências de grandes RHs para 2021”!

Dicas e tendências de grandes RHs para 2021


Logotipo Pipo Saúde
Pipo Saúde

Conectamos a sua empresa com os melhores benefícios de saúde: Planos de saúde, odontológico e muito mais para o bem estar dos colaboradores da companhia.

Inscreva-se na Newsletter da Pipo!

Imagem de um brilho.

Pronto para simplificar a  gestão de saúde da sua empresa?

Comece agora uma nova relação com o plano de saúde da sua empresa.

Quero uma cotaçãoImagem de uma estrelinha.

Posts recomendados