DDS segurança do trabalho: como implementar?

Por

Aline Oliveira

Por

Atualizado em

Publicado em

20/6/22

O Diálogo Diário de Segurança (DDS) é uma atividade que faz parte da rotina de empresas que têm atenção à segurança, saúde corporativa e ao bem-estar dos colaboradores, principalmente daqueles que desempenham funções que envolvem certo risco.

Esse é um bate-papo com os trabalhadores sobre a conscientização da segurança nas atividades, e anos atrás era conhecido por “Minuto de Segurança”, tendo o nome alterado para Diálogo Diário de Segurança a partir da década de 90. 

Mesmo com a mudança de nome, o objetivo continua o mesmo: refletir sobre a segurança do trabalho em pequenas pílulas de conhecimento. E como esse é um diálogo diário e já até recebeu o nome de “Minuto”, é essencial que tenha uma duração breve. 

Além disso, os temas precisam ser estratégicos o suficiente para atrair a atenção contínua do time e, principalmente, serem eficientes para a empresa. Neste artigo, vamos dar dicas para você otimizar e enriquecer o DDS da sua companhia. Aproveite a leitura!

O que é DDS e como funciona

O objetivo do Diálogo Diário de Segurança é lançar reflexões sobre o risco envolvido no trabalho do colaborador e, com isso, eles possam fazer uma autoanálise sobre o assunto e contribuir para rotinas de trabalho mais seguras e eficientes.

O bate-papo proposto no DDS deve ser objetivo, prático e simples, com duração entre cinco e 10 minutos. O ideal é que seja feito todos os dias, pouco antes de o trabalhador iniciar as atividades, porém, existem empresas que preferem fazer de forma mais espaçada.

Por isso, é preciso avaliar a necessidade da sua empresa, mas atentando-se ao fato de que é preciso ser contínuo e apenas para orientações rápidas. Além disso, deve ser intermediado por um profissional da segurança do trabalho ou especialista no assunto junto da liderança do time. 

Por que é importante ter atenção ao Diálogo Diário de Segurança

No DDS é importante abordar os riscos das ações que serão desenvolvidas pelos colaboradores naquele dia de trabalho. Por isso, o dia do profissional precisa ser focado na segurança das atividades do dia para que ele absorva os pontos fundamentais para uma execução segura, preventiva e produtiva.

Além disso, dissemos anteriormente que o DDS deve ser realizado pelos líderes do time, certo? Isso é necessário, pois é um dos momentos de motivação e engajamento do líder com seus liderados.

Além disso, o DDS ajuda a:

  • Manter uma rotina de trabalho mais saudável;
  • Aumentar a produtividade dos colaboradores com segurança;
  • Engajar os colaboradores com suas atividades;
  • Instruir e capacitar o time diariamente.

Quando deve ser realizado

O DDS, como você acompanhou, precisa ser curto e diário. Por isso, tenha em mente que se as reuniões precisarem ser estendidas será necessário marcar um treinamento mais amplo e completo para o time.

Nesses treinamentos, os colaboradores poderão tirar dúvidas mais complexas, aprofundar em assuntos pertinentes ao trabalho e discutir as atividades de forma mais duradoura. Já o DDS não é indicado para esses momentos.

Por esse motivo, é importante investir em treinamentos contínuos para que os colaboradores se capacitem de forma adequada e utilizem atividades como o DDS apenas como um repasse de informações e para orientações rápidas.

8 temas possíveis de serem tratados em um DDS

O assunto segurança envolve vários aspectos da rotina de uma empresa e no dia a dia, muitas medidas acabam passando despercebidas ou a prática dos bons hábitos fica perdida. Por isso, o Diálogo Diário de Segurança servirá para relembrar assuntos importantes, tais como:

1. Limpeza e organização

A limpeza e organização adequada do local de trabalho também são medidas de prevenção de acidentes, por isso, esse pode ser um tema importante a ser tratado no DDS. Isso pode envolver a limpeza de ambientes como cozinhas, banheiros e estações de trabalho, até na correta higienização de instrumentos necessários nas atividades.

2. Cuidados com a ergonomia

A correta ergonomia deve ser reforçada no dia a dia, pois lesões na coluna estão entre as principais queixas dos trabalhadores. Que tal utilizar um dos dias de diálogo para repassar as posições adequadas e reforçar a prática de ginásticas laborais?

3. EPI

Os equipamentos de proteção individual (EPI) são os dispositivos necessários para assegurar a vida e o bem-estar do trabalhador que exerce atividades de risco. O DDS é um bom momento para repassar a necessidade de utilizar esses equipamentos da forma correta e explicar os riscos envolvidos caso isso não aconteça.

4. Distrações no dia a dia

Atividades que envolvem riscos à saúde do colaborador não podem ter distrações no dia a dia. Pode acontecer de pequenas distrações quase provocarem acidentes, por isso, é importante ter atenção à rotina e às atitudes dos colaboradores. Nesse tema, é importante citar exemplos do dia a dia que foram percebidos e que não são boas práticas.

5. Brincadeiras com o colega de trabalho - Bullying

É comum haver brincadeiras entre colegas nas empresas, mas é preciso tomar cuidado para que os limites com o próximo não sejam ultrapassados e haja falta de respeito. O Diálogo Diário de Segurança também pode ser o momento ideal para falar sobre isso, inclusive para ajudar a promover a saúde mental no trabalho.

6. Primeiros socorros

As atividades que envolvem orientações de primeiros socorros já foram implementadas na empresa, certo? Agora, você pode utilizar um dos dias de DDS para repassar as boas práticas e situações nas quais essas medidas podem ser úteis.

7. Prevenção às doenças ocupacionais

A prevenção e atenção aos ruídos do ambiente de trabalho, à inalação de produtos tóxicos e diversas outras ações que os profissionais fazem no dia a dia devem ser reforçadas durante o Diálogo de Segurança. 

Uma dica nesse sentido, é reforçar para que os colaboradores evitem usar fones de ouvido no volume alto mesmo nas atividades de lazer.

8. Sinalização correta do espaço de trabalho

A saúde no trabalho também depende da sinalização correta nos espaços de trabalho. Além de isso passar por uma gestão corporativa eficiente, é essencial relembrar os colaboradores para a necessidade de manter a sinalização de forma adequada e, acima de tudo, atentar-se a essas orientações no dia a dia.

Como implementar o Diálogo Diário de Segurança

Ainda que o DDS seja objetivo, ele precisa ser feito com planejamento, principalmente porque precisa engajar os colaboradores. O planejamento ajuda a elaborar a atividade com atenção, a pensar nos temas mais pertinentes e diminui os riscos de ser um evento monótono. Acompanhe algumas dicas para ter diálogos proveitosos.

Escolha temas atuais

Como o objetivo do DDS é falar da segurança do dia a dia de trabalho é importante ter atenção para que os conteúdos sejam, de preferência, bem atuais. Uma sugestão é procurar notícias do dia sobre acidentes de trabalho e chamar atenção para o que pode ser evitado para que o mesmo tipo de acidente não ocorra na organização.

Conecte as situações à realidade do colaborador

Outra alternativa interessante para engajar o time durante o DDS é citar situações em que o colaborador possa se ver inserido. Utilizar exemplos do dia a dia, algo que aconteceu internamente ou que ficou iminente pode entrar na lista de temas a abordar. Nesses casos, evite citar nomes dos envolvidos e apenas atenha-se ao fato e aos riscos envolvidos.

Destaque a participação da equipe

É comum alguns colaboradores se destacarem mais no engajamento e na participação de atividades voltadas à segurança do que outros. O DDS é um bom momento para reconhecer e agradecer a essas pessoas e isso ajuda a engajar quem até então não estava tão participativo. 

Esse é o chamado DDS de gratidão, que pode até ser o tema da sua conversa naquele dia. Mas como fazer isso? Dê exemplos de boas atitudes dos trabalhadores, seja enquanto estavam participando do DDS, seja em algo corriqueiro da rotina de trabalho. A partir disso, ofereça brindes a essas pessoas e incentive os demais a se integrarem mais.

Como você pode perceber, implementar o DDS na sua empresa não é tão complicado, e tudo se torna mais simples quando você pensa no que realmente faz sentido para o colaborador e pensa em formas de integrá-lo ao processo. 

Se isso faz sentido para você, assine nossa newsletter e receba conteúdos do tipo direto na sua caixa de entrada!

Logotipo Pipo Saúde
Pipo Saúde

Conectamos a sua empresa com os melhores benefícios de saúde: Planos de saúde, odontológico e muito mais para o bem estar dos colaboradores da companhia.

Pronto para simplificar a gestão de saúde da sua empresa?

Comece agora uma nova relação com o plano de saúde da sua empresa.

Quero uma demonstração

Posts recomendados